Mesa-redonda “Viver em liberdade: a questão dos artistas em risco”

No dia 17 de outubro, das 10h15 às 12h15, o Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão na Universidade Federal da Bahia – UFBA recebe a mesa-redonda “Viver em liberdade: a questão dos artistas em risco”. Com: Prof. Dra Mirella Lima (UFBA), Prof. Dr. Felix Kaputu (UFMG), e Prof. Dra. Sylvie Debs (Universidade de Estrasburgo-Cabra). A organização do Congresso da UFBA informa que o evento conta com cerca de 60 mesas de debates. Dentre elas, sete anteciparão discussões para o Fórum Social Mundial 2018. Os temas abrangem a integração latino-americana, a democracia e comunicação, a nova onda de intolerâncias, a revolução dos gêneros, as culturas … Continuar lendo Mesa-redonda “Viver em liberdade: a questão dos artistas em risco”

“As condições políticas que forçam jornalistas, escritores e artistas a deixar seus países não são facilmente evitáveis.”

Meu nome é Tesfagiorgis Habte. Graduei-me em jornalismo e comunicação de massa pela Universidade de Asmara. Sou jornalista e escritor eritreus. Eu escrevo ambos em Tigrigna – minha língua materna – e em inglês. Eu também tenho um vasto leque de experiência como professor e agente de relações públicas. CABRA: Por que você teve que sair do seu país? Saí do meu amado país e família pelos meros motivos de encontrar um refúgio seguro para mim. Fui preso por mais de quatro anos, dos quais passei exatamente três anos e sete meses numa pequena cela de prisão. Eu, juntamente com … Continuar lendo “As condições políticas que forçam jornalistas, escritores e artistas a deixar seus países não são facilmente evitáveis.”

A comédia como arma

Para Abduljabbar Alsuhili, a comédia é um importante meio de expressão em momentos de tensão política e de conflito. Em maio de 2014, ele estava entre os organizadores do programa Sana’a Standup Comedy que encorajava os Iemenitas de todo o país a fazer uma audição para participar de apresentações ao vivo e vídeo num país onde a comédia é uma forma subdesenvolvida. Suas transmissões do YouTube ganharam dezenas de milhares de visualizações. Alsuhili passou a montar a plataforma #war_comedy que apresentava comediantes stand-up usando humor para enfrentar a guerra no Iêmen, criticando todos os grupos armados e políticos envolvidos. Como membro … Continuar lendo A comédia como arma

“Eu queria trazer meu pai comigo e todos os valores que ele representava.”

Sonali Samarasinghe é jornalista, advogada e ex-diplomata do Sri Lanka, foi hospedada na cidade refúgio de Ithaca, estado de Nova York. Trabalha atualmente como diplomata sênior na Missão do Sri Lanka, junto às Nações Unidas, em Nova Iorque, em estreita colaboração com a ONU, no campo do Direito, com ênfase em assistência humanitária, igualdade de gênero, manutenção da paz e assuntos políticos. Samarasinghe foi expulsa de seu país com ameaças à sua vida e à membros de sua família. Eles emigraram para os Estados Unidos, onde ela fundou o site The Lanka Standard (http://www.lankastandard.com), do qual continua sendo a editora-chefe.   … Continuar lendo “Eu queria trazer meu pai comigo e todos os valores que ele representava.”

Fui forçado a deixar minha cidade natal

… Então fui embora com nada, Continuei andando sem rumo, Olhando para o horizonte, Dizendo à minha alma desesperada: ‘Você teve uma casa que o abrigou, e uma vida. Agora tudo se foi, você está perdido, nenhum lar, nenhum refúgio nada.’   Mas então tive um vislumbre no mesmo horizonte, E vi uma terra generosa, abençoada, maravilhosa e amável Apontando para mim como se estivesse me convidando, sussurrando: ‘Sameer você nunca deve se preocupar! Porque sou a Eslovênia, sua nova cidade natal! ‘ Por isso, muito obrigado, Eslovênia, Muito obrigado, Ljubljana. Lepa hvala, Slovenija. Lepa hvala, Ljubljana.” Sameer Abdullah Sayegh … Continuar lendo Fui forçado a deixar minha cidade natal

Bem-vindo Felix !

Felix Kaputu chegou no dia 6 de junho de 2017. Celebra, conosco, o convênio que se assinou, em janeiro deste ano, entre a UFMG e a ICORN. É nosso primeiro escritor exilado, fundando, no Brasil, a primeira sede da CABRA – Casas Brasileiras de Refúgio. Chegou celebrando conosco os 90 anos da UFMG. Chegou com duas malas pequenas, dois laptops e suas 13 línguas. Ávido para aprender o português e, assim, chegar a se comunicar em 14 línguas. Calmo o suficiente para esperar por essa poética aprendizagem que será iniciada pela professora e poeta Sônia Queiroz, membro do comitê de … Continuar lendo Bem-vindo Felix !

Liberdade para vozes proibidas

“Para mim, o exílio faz parte da escrita, e não quero perdê-los.” Assim escreveu Maria Gabriela Llansol, que viveu em exílio, na Bélgica, durante cerca de vinte anos, tempo em que escreveu grande parte de sua obra, dando início ao que a autora chamou de textualidade. Aqueles, cujo rosto aqui se dá a ver, talvez não definissem da mesma maneira o exílio, mas certamente não negariam que o exílio faz parte da escrita, tanto quanto as “vozes proibidas” que a constituem. Para aqueles que, durante esta semana, estiveram reunidos em Lillehammer, Noruega, no Encontro Bienal ICORN & PEN Internacional, presentes … Continuar lendo Liberdade para vozes proibidas