Conheça a iniciativa ProtectDefenders

Guus Van Zwoll é coordenador da Plataforma de Deslocamento Temporário da UE (EUTRP), no ProtectDefenders.eu e conversou com a CABRA sobre a defesa de direitos humanos em risco.

CABRA: Por que você se envolveu com a ICORN?
O  ProtectDefenders.eu está conectado com a ICORN de duas formas distintas:

Em primeiro lugar, a ICORN é um dos membros iniciais da chamada Plataforma de realocação temporária da UE, uma plataforma que liga mais de 50 organizações que estão trabalhando em realocações temporárias de defensores dos direitos humanos em risco. Através dessa plataforma, eles discutem casos com outras ONGs e compartilham as melhores práticas. ProtectDefenders.eu está atualmente coordenando essa plataforma.

Em segundo lugar, o ProtectDefenders.eu oferece, por vezes, suporte financeiro para casos da ICORN. Como financiadores, financiamos também a realocação temporária de HRDs. E, embora dentro do sistema da ICORN os custos das realocações sejam cobertos pelo município, pode acontecer que o HRD precise ser apoiado antes de chegar na cidade-refúgio designada pela ICORN. Foi assim que entramos no processo.

 

CABRA: Qual a importância de ICORN para você?
A ICORN é uma das melhores redes temporárias de realocação no mundo. São        especialistas e a experiência sobre os casos é algo de que nós e nossos parceiros frequentemente fazemos uso. Trabalhar com eles é sempre um prazer, embora a natureza do trabalho seja muitas vezes muito desafiadora.

 

CABRA: O que você acha do Brasil se juntar à ICORN?
Seria ótimo ter uma cidade sul-americana se juntando à ICORN. Talvez até abrindo o projeto para outros idiomas, além do inglês. Isso poderia ser muito útil para os defensores dos direitos humanos de língua portuguesa e muito inspirador para toda a comunidade regional e talvez até mesmo para todo o continente.

 

 

Biografia
Guus van Zwoll é coordenador da Plataforma de deslocamento temporário da UE (EUTRP), no ProtectDefenders.eu. O EUTRP conecta programas de localização com os de realocação temporária e com defensores de direitos humanos. O objetivo é compartilhar boas práticas e criar uma rede de organizações independentes, capazes de apoiar os defensores dos direitos humanos mais necessitados de realocação, tanto na área Norte quanto na própria região. Antes de se juntar ao EUTRP, trabalhou com justiça e paz, na Iniciativa Shelter City, na Holanda, onde iniciou e gerenciou o programa em Haia e coordenou o programa em outras cidades da Holanda.

 

Saiba mais:

ProtectDefenders.eu

19/07/2017

Leia aqui a versão original da entrevista em inglês.

Anúncios