“A liberdade de expressão é a base de uma democracia “

peter_gustavsson_3001.jpg

Peter Gustavson é conselheiro da cidade de Uppsala e presidente do Conselho de Assuntos Culturais em Uppsala, Suécia.

Uppsala ingressou na ICORN em 2010, mas começou como refúgio seguro para escritores perseguidos em 2008, em colaboração com o PEN sueco. Desde então, Uppsala hospedou três escritores convidados: Taslima Nasrin (Bangladesh), Anisur Rahman (Bangladesh) e Sedigheh Vasmaghi (Irã).

 

CABRA: Por que você está envolvido com a ICORN?
Estou envolvido com a ICORN, porque a liberdade de expressão é a base de uma democracia e penso que as cidades devem fazer parte da proteção de escritores e artistas necessitados de refúgio.

CABRA: Que tipo de atividades você organiza com a ICORN?
Como fui eleito político, meu trabalho relaciona-se com a tomada de decisão, quando isso diz respeito a nosso estatuto de cidade-refúgio. Uppsala associou-se à ICORN desde 2008, e estamos atualmente analisando como desenvolver nosso trabalho nesse campo, quando completamos nosso décimo aniversário como cidade-refúgio.

CABRA: Qual a importância da ICORN para você?
Para mim, a vencedora do Prêmio Nobel Svetlana Aleksijevitj é um forte símbolo de como uma cidade pode proteger um escritor que precisa de refúgio, capacitando-o a continuar seu importante trabalho.

CABRA: O que você acha do Brasil juntar-se à rede internacional de cidades-refúgio?
Penso que é uma grande ideia! A liberdade de expressão no trabalho é difícil, e precisamos de muitas cidades que compartilhem a responsabilidade da proteção de escritores e artistas.

Biografia
Peter Gustavsson, conselheiro da cidade de Uppsala e presidente do Conselho de Assuntos Culturais em Uppsala, a quarta maior cidade da Suécia. Além de seu trabalho político, trabalha com educação popular e também escreve poemas.

Uppsala (Suécia)
Uppsala foi a terceira cidade na Suécia a se constituir como refúgio seguro para escritores em risco e a se juntar à ICORN, fornecendo aos escritores um lugar seguro para manter sua atividade criativa e literária. A cidade trabalha junto com a Organização da Biblioteca Pública, importante parceiro da rede que fornece uma plataforma para escritores convidados, durante sua permanência em Uppsala. A secretária de cultura e coordenadora cultural em Uppsala, Annika Strömberg, foi eleita membro do conselho da ICORN em 2012, durante a assembleia, em Estocolmo.

Uppsala tem uma população de mais de 200 000 habitantes. O tamanho da cidade proporciona boas condições prévias para a construção de redes e para a introdução dos escritores na vida cultural local. A cidade tem dois teatros, quatorze bibliotecas públicas, uma sala de concertos, vários museus e uma vida cultural animada. Uppsala também tem uma longa tradição acadêmica, pois é sede da universidade mais antiga da Escandinávia.

A cidade também coopera com as associações educativas para adultos, na organização de eventos literários. Todo outono há um festival internacional de palavras faladas em Uppsala, organizado pelo teatro Regina.

 

Download here the original in english

11/06/2017

Anúncios